A marca

Um passado célebre e excelentes oportunidades para o futuro.

Como pioneira no desenvolvimento de motocicletas desde 1903, a Husqvarna Motorcycles se revelou como uma das marcas europeias de motocicleta mais reverenciadas nos últimos tempos.

O histórico repleto de acontecimentos da empresa também foi marcado por muitos sucessos e contratempos ao longo da jornada. Um desses eventos decisivos foi marcado pela separação da Husaberg, em 1988. Mas aqueles que deveriam ficar juntos voltaram a se unir em março de 2013, quando a Husqvarna Motorcycles e a Husaberg se reuniram sob a bandeira do Grupo KTM – hoje conhecido como Pierer Mobility.

Hoje, Husqvarna Motorcycles é uma marca que busca inspiração no período áureo da cultura do motociclismo, renomada por muitas conquistas inovadoras e por seus passos revolucionários e exclusivos, que mudaram o motociclismo para sempre. O nosso objetivo é retomar de lá desses tempos gloriosos. Nós queremos preservar as virtudes do passado, porque o futuro dessa marca está baseado em sua história – uma história de superação de novas fronteiras no esporte do motociclismo.

1966 Torsten-hallman-husqvarna

1966 MalcolmSmith

Bild_folder

De onde viemos?

A Husqvarna Motorcycles é uma das fabricantes de motocicletas mais tradicionais do mundo. A combinação de tradição com bem mais de um século de história da empresa, unida à tecnologia de última geração e a uma devoção por detalhes, juntos criando uma experiência de marca muito especial. A marca Husqvarna Motorcycles tem uma história muito fascinante, definida por uma visão única e pioneira, aliada a estilo e detalhes técnicos.

A Husqvarna Motorcycles hoje tem o privilégio de ter acesso a um cubo de roda fabricado com uma das mais avançadas tecnologias da indústria motociclística, em Mattighofen, na Áustria.

A Husqvarna, originalmente uma empresa metalúrgica, foi fundada em 1689, no sul da cidade sueca “Huskvarna”, para a produção de mosquetes para o exército sueco. A produção de motocicletas começou em 1903, tornando a Husqvarna Motorcycles uma das fabricantes de motocicletas mais antigas do mundo com produção ininterrupta.

Já nos anos de 1920 e 30, a Husqvarna Motorcycles construiu motocicletas street e encontrou o caminho para os prestigiados eventos de corrida, como a Tourist Trophy da Ilha de Man, em que um compromisso com a competição internacional tornou a Husqvarna famosa em toda a Europa.

A gama da Husqvarna Motorcycles após a II Guerra Mundial estava limitada a modelos leves de 2 tempos que, em um formato modificado, também eram utilizadas nos emergentes esportes off-road, que se tornaram populares em meados de 1950.

Nos anos seguintes foram desenvolvidas muitas máquinas para competição, com motores de 2 e 4 tempos; e entre os anos de 1960 e 63 foram conquistados os primeiros cinco títulos do Grande Prêmio de Motociclismo nas categorias de 250 cc e 500 cc. A Husqvarna não foi apenas pioneira no motocross como modalidade esportiva, mas também foi uma das primeiras a levar o esporte para os EUA. Entre os pilotos da Husqvarna Motorcycles de grande destaque na era de sucesso dos anos 1960 e 70 estavam Torsten Hallman, Malcolm Smith e o ator de Hollywood, Steve McQueen.

O modelo de 1983, de 500 cc e 4 tempos da Husqvarna, assinalou ainda outro importante marco. A máquina off-road, excepcionalmente leve e de fácil manuseio, apresentava recursos revolucionários para a época e foi a precursora de uma nova geração de motocicletas de 4 tempos para competições off-road. Em 1977, todos os negócios da Husqvarna foram incorporados ao Grupo sueco Electrolux. Em 1987, a divisão Husqvarna Motorcycles foi vendida para o Cagiva MV Agusta Group, e teve sua matriz e sua produção transferidas para Varese, na Itália. Em 2007, ela foi brevemente adquirida pelo Grupo BMW antes de a Husqvarna Motorcycles se unir à família KTM, em 2013.

A Husqvarna Motorcycles segue essa trajetória com uma impressionante gama de modelos e liderança técnica. Mais de uma dúzia de motocicletas de alta tecnologia e líderes de classe não apenas encaram de frente os segmentos de produção enduro, motocross, supermoto e dual sport, mas também vêm renovando os segmentos street e travel. A crescente oferta de produção é suportada por competições de alto nível nas principais séries globais de corridas de motocross, supercross, enduro, supermoto e rally.

Husqvarna-AB-ca-1911

1689

Onde tudo começou

Com o comando do rei da Suécia, uma fábrica de armas foi fundada na cidade de Huskvarna.

story-1903

1903

A jornada sobre duas rodas começou

A primeira motocicleta da Husqvarna foi produzida em 1903 – uma “bicicleta motorizada”. Como a segunda fabricante de motocicletas mais antiga do mundo com produção ininterrupta, felizmente a Husqvarna aprendeu uma coisa ou outra ao longo de mais de um século de desenvolvimento.

silverpil-broschyr

1955

As pioneiras do motocross

A icônica Silverpilen, de 1955. Com um nome que significa “flecha prateada” no sueco nativo da Husqvarna, esse foi um modelo Husqvarna pioneiro, especialmente construído para uso off-road.

KellyOwen_1969_360cross_left_0905

1960

Construindo a lenda

Os gloriosos anos 1960 e 1970! Uma era dourada despertou para a Husqvarna, assim como o motociclismo off-road estava desabrochando em crescimento e em popularidade. Ao entrar com tudo, com 14 Títulos Mundiais de Motocross, 24 Campeonatos Europeus de Enduro e 11 vitórias no Baja, a Husqvarna rapidamente se tornou a principal marca de motocicletas de corrida off-road da época.

mr_moto

1987

A aventura italiana

Quando a Husqvarna Motorcycles foi comprada pela Cagiva MV Agusta em 1987, foram feitos planos para realocar a empresa para a Itália em 1988. Em vez disso, a principal equipe de desenvolvimento da Husqvarna optou por permanecer na Suécia, desvinculando-se e lançando a “Husaberg”, em 1988.

_RSC1869

2013

Duas metades voltam a ser um

Em 2013, o GRUPO KTM (proprietário da Husaberg) adquiriu a Husqvarna Motorcycles, marcando a junção das duas metades da marca Husqvarna original dos anos 60 e 70! A marca Husqvarna Motorcycles retornou às suas gloriosas origens, com tecnologia de última geração e o icônico esquema de cores azul, amarelo e branco da Suécia.

svartpilen401

2014

Nasce uma ideia visionária

A Husqvarna Motorcycles mostrou que estava pronta para entrar novamente no segmento street ao lançar a Husqvarna 701 Supermoto juntamente com dois maravilhosos protótipos – a Vitpilen e a Svartpilen – no Salão de Milão (EICMA).

tn_SWE_Vilhelmina_HQV701_Action_029

2015

Uma nova geração de modelos de produção do segmento street

Quando o modelo de produção 701 Supermoto chegou às concessionárias, mais uma vez a marca deu um passo pioneiro ao entrar mais uma vez oficialmente para o segmento street. Como essência pura da Supermoto, a motocicleta combinou um design sutil com uma performance de qualidade premium, para dar continuidade à longa e bem-sucedida herança de Supermoto da Husqvarna.

_RSC6696

2016

Design inspirado assume o primeiro plano

A Husqvarna Motorcycles empolgou o mundo do motociclismo com o Conceito Vitpilen 401 Aero, apresentando uma dimensão totalmente nova à sua filosofia de design.

DSC185

2017

Renascimento da pilen

Os modelos de produção Vitpilen 401 e Svartpilen 401 foram lançados oficialmente, adicionando uma linha street premium ao portfólio off-road e motocross existente.

_RSC3342

2018

Desbravando novos caminhos

Com a mobilidade elétrica surgindo como uma realidade sempre presente, a Husqvarna Motorcycles revelou sua entrada no mercado com o modelo motocross mini EE 5 e a linha de bicicletas elétricas no Salão de Milão.

Img0077

2019

Ampliando horizontes

A Husqvarna Motorcycles divulgou o Conceito Norden 901 no Salão de Milão de 2019, prometendo entrar no segmento travel, além de anunciar um retorno ao Campeonato Moto3.

_RSC5296

2020

Unindo Ocidente e Oriente

A Husqvarna Motorcycles está disponível na Índia, no Sudeste Asiático e na América Latina, sendo lançada nesses mercados com uma coleção de motocicletas street de 200 cc e 250 cc em uma proposta para impulsionar as vendas e aumentar ainda mais o crescimento da marca.

...

HQV Brand Values RZ.indd